Como fazer uma boa avaliação em clube de futebol?

Os processos de avaliação em clube de futebol são excelentes portas de entrada para a realização do sonho de se tornar jogador.

Se o seu filho já está inscrito em uma avaliação ou até se ele já tiver participado de uma, porém sem sucesso, este artigo pode ser uma leitura importante para que você o ajude a perseguir o sonho de jogar bola.

Vamos falar sobre os principais comportamentos e atitudes que o seu filho precisa ter na hora da avaliação.

Antes disso, convido você a ler nosso último artigo, que fala sobre, justamente, ajustar o melhor momento para iniciar a procura por testes e avaliações para o seu filho.

CLIQUE AQUI E LEIA O ARTIGO

Agora, sim. Vamos lá:

Vale lembrar: as avaliações são feitas por profissionais dos clubes que já viram o atleta alguma outra vez e o chamam para este período de testes que pode ou não ser com o grupo principal de uma categoria.

Elas têm algumas características específicas:

  • Há bastante gente vendo.
  • O grupo de avaliação já é um passo importante e “peneirado”. Ou seja: há atletas com potencial.
  • Há pouquíssimas vagas disponíveis para serem integrados ao grupo principal.

É claro que tudo isso varia um pouco de clube por clube. Porém, as dicas que virão a seguir serão praticamente universais para se ter sucesso na hora de participar da avaliação.

DISCRETO NA APARÊNCIA, OUSADO COM A BOLA

Infelizmente, o mundo do futebol tem algumas curiosidades de, por exemplo, aumentar o grau de exigência de um jovem por ele, simplesmente, ter o cabelo descolorido, por exemplo, ou uma chuteira de cor bastante chamativa. Aos olhos dos avaliadores, podem ser considerados “malas” sem nem mesmo terem tocado na bola. Afinal, acabam sendo comparados aos craques que descolorem o cabelo e usam chuteiras chamativas.

Portanto, ser discreto na aparência pode ser um ato simples e que pode ajudar positivamente.

MOSTRE O SEU FUTEBOL E ESCUTE

Nas avaliações, mostrar o seu potencial, independentemente da posição, é o caminho para o sucesso. Isso não quer dizer ser “fominha” e driblar o time adversário todo. É mostrar que você tem capacidade dentro da sua posição em campo.

Não, não é preciso ser um jogador perfeito. Afinal, as categorias de base são feitas para o desenvolvimento. Por isso, é fundamental que você oriente seu filho a escutar o que os treinadores têm a dizer.

Eles veem muitos meninos todos os anos. Então, para ser um destaque, será preciso que o menino demonstre seu futebol e se adeque às orientações. Isso demonstrará aplicação aos conceitos, independentemente da idade.

SEJA PRESTATIVO

Outro ponto que pode ser bobo, mas se o seu filho ajudar a carregar os sacos de bolas, os cones e outros equipamentos utilizados no treino demonstram respeito à hierarquia.

Indique que seu pequeno atleta se prontifique a ajudar antes mesmo de ser solicitado.

MAIS DICAS

Para ler mais dicas, o e-book 23 passos para se destacar em peneiras e avaliações é um sucesso e traz o caminho das pedras de forma completa. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

NO PRÓXIMO ARTIGO

No próximo artigo, vamos falar sobre a importância de estar sempre jogando. Fique ligado aqui na TRILHA DO FUTEBOL.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Postagens relacionadas

Pin It on Pinterest

X